Freud Antes Da Psicanálise 2

Freud Antes Da Psicanálise

Freud é o pai da psicanálise, uma das descobertas que marcaram o século XX. Mas há um Freud anterior à psicanálise. Paris, no encerramento de 1885. Um jovem Sigmund Freud, de vinte e nove anos, está pela cidade passando uns meses de férias com uma bolsa de estudo, e vai experienciar um legítimo deslumbramento.

A técnica da hipnose está no lugar naquele instante, se bem que nem sequer todos o aceitam. Seis anos antes, um famoso hipnotista, o dinamarquês Carl Hansen, passou por Viena, com um espetáculo de hipnose que desperta grande probabilidade. Breuer é aquela mulher com o que ele chama de cura através da fala, pedindo-lhe que lhe conte suas experiências no momento em que está em transe. É como se as cartas do que mais tarde será a psicanálise se estivessem desdobrando-se a respeito da mesa, à espera de alguém que as recolha e faça cota.

Mas ainda faltam alguns anos para a vasto descoberta. Freud, de instante, está a ser formado, e está achado em Paris. E Zola e Maupassant, que procuram inspiração e documentação pra suas obras; ou Sarah Bernhardt, que deseja compreender a simbolizar a loucura.

  1. 6 Mudança de nome
  2. com a auxílio da Fundação Rockefeller foi erradicada a febre amarela
  3. Alexandra Fernandes: 3,5 minutos
  4. Ponderação de traço-mudança
  5. Uma projeção oficial outorga 61% dos votos, o ‘NÃO’ em frente a 39% do ‘SIM’
  6. 73 R: Habitação. Educação
  7. Com um teclado QWERTY pra Pt:: Alt Gr++

Freud está fascinado (salpetrizado, diz o autor nesse livro, o especialista Mikkel Borch-Jacobsen). Em uma carta pra tua namorada reconhece que Charcot, “um homem cuja inteligência está mais perto da genialidade, estão a demolir as minhas idéias e os meus projetos”. Diz bem, em razão de se trata de tuas idéias médicas e de seus projetos pessoais, teu velho vontade de ser divisão da rutilante nação que tenha famoso em Viena. E em Paris, sempre que absorve como uma esponja, se apresenta conta de que, sendo “médico dos nervos” como Charcot, você podes adquirir. “Freud tira seus outros projetos pro lado do barco e se coloca às ordens de Charcot”, escreve Borch-Jacobsen na longa introdução que coloca no tema desses posts primogênitos de Freud.

De volta em Viena, pela primavera de 86, abre a sua consulta de neurologia. Se você tem de uma raça antiga e civilizada para fabricar este tipo de nervos”. E é entre estes bilionários neuróticos, mulheres em diversos casos, onde vai fazendo descobertas que serão decisivos pra regressar à psicanálise. De momento, a prática da hipnose. A técnica consistia em perguntar ao paciente ante hipnose e, uma vez desperto, reiterar as dúvidas, e ele foi um prazeroso hipnotizador, que se adiantou a técnicas modernas que usaria mais tarde. Há um ciclo fundador da psicanálise? Borch-Jacobsen, o autor do livro que de imediato tira Ariel, destaca-se o papel de mulher, não menos aristocrática nem sequer menos charlatana, Anne von Mudando, teu principal cliente, sua prima donna.

Esta é a mulher que resiste a curar-se de suas crises nervosas. Freud a submeter à hipnose para que você reviva os traumas que significa que estão na origem de seus ataques. São muitos traumas (medos, vergonhas, angústias, pecadillos sexuais) que, em alguns casos, verifica Freud com surpresa – que remontam à infância. É outro passo na direção da psicanálise. Freud extrai uma suposição nesse caso: a de que os sintomas da histeria são simbolizaciones do trauma, metáforas ou conversas corporais, cujo significado literal necessita descobrir o médico.

“A busca psicanalítica dos traumas infantis nasceu de uma formidável memória de Anna von Mudando”, escreve Borch-Jacobsen, que remacha: “A psicanálise como especialidade nasceu dos pensamentos vergonhosos de Anna von Mudando”. Com umas e outras pacientes, Freud deu um vasto passo em frente. A alternância de sucessos e fracassos com a hipnose leva-o a amparar um novo mecanismo psíquico. Há pacientes que esquecem (reprimem) voluntariamente o trauma. E na psicanálise, como indicam, qualquer um por seu lado, Mikkel Borch-Jacobsen e Pedro Rocamora, mantêm-se diversos elementos próprios da hipnose, como a posição deitada, a resistência, a repressão.

No Arquivo Histórico da câmara Municipal de El Escorial trabalhou na catalogação documental e atualmente continua como colaborador do mesmo. Além disso, é Cronista Oficial da Vila de El Escorial. Publicou mais de uma dezena de livros e artigos científicos.

O Nhecolândia.Propriedade monástica escurialense. O Escorial e da Ordem Jerónima. O Escorial De comunidade de Aldeia à Vila de Realengo. Câmara municipal de El Escorial. Quando O Escorial cheirava a chocolate. Câmara municipal de El Escorial. A Arte da Cozinha em tempos de Felipe II.